É lançado o livro "Índice de democracia local: estudos a partir da experiência de São Paulo”

*A obra conta com a participação de cinco colunistas do blog do Legis-Ativo e é baseada no Índice de Democracia Local (IDL) de 2019, de autoria do Instituto Sivis.



*Texto de autoria da jornalista Haline Floriano, editora do blog.



Recentemente foi lançado o livro "Índice de democracia local: estudos a partir da experiência de São Paulo”, viabilizado pelo apoio e patrocínio da Votorantim S.A., da Gazeta do Povo, da Embaixada dos Países Baixos, da Fundação Telefônica, da Braslift, do Grupo Ergon e da WAPs.



Sob organização dos cientistas políticos Humberto Dantas e Diego Moraes, os capítulos exploraram ao máximo os dados coletados no Índice de Democracia Local (IDL) de São Paulo, uma ferramenta inovadora de medição da democracia realizada no ano de 2019 pelo Instituto Sivis. Por meio de entrevistas domiciliares na cidade de São Paulo, com representatividade para as oito regiões administrativas da capital e possuindo estratificação por sexo, faixa etária, escolaridade e status ocupacional, obteve-se um panorama sobre a democracia e a cultura democrática em São Paulo.



O estudo avalia a qualidade da democracia em nível local a partir de cinco dimensões: Processo Eleitoral; Liberdades e Direitos; Funcionamento do Governo Local; Participação Política; e Cultura Democrática. Dentro de uma escala de 0 a 10 quanto à qualidade da democracia, a nota de São Paulo no IDL foi 5,67. Quanto às cinco dimensões analisadas na pesquisa, a maior pontuação foi Processo Eleitoral (7,91), seguida por Liberdades e Direitos (6,80) e Funcionamento do Governo Local (5,78). Tiveram nota abaixo de 5 as dimensões Cultura Democrática (4,55) e Participação Política (4,14).



A pesquisa realizada na cidade de São Paulo fornece insumos para estudos maiores sobre as atuais crises enfrentadas pelas democracias e pela política como um todo ao redor do mundo, como pode ser visto no livro. Os cientistas políticos Bruno Souza da Silva, Graziella Testa, Humberto Dantas, Lara Mesquita e Michelle Fernandez, colunistas do Legis-Ativo, ao lado de outros especialistas da Ciência Política, fizeram suas análises e contribuíram na formulação da obra com o objetivo de diagnosticar as principais lacunas que levaram aos índices que indicam a pulverização democrática na maior metrópole brasileira. Eles analisaram as forças e fragilidades da democracia local na cidade de São Paulo, propondo uma reflexão acerca dos desafios enfrentados pelo regime democrático na contemporaneidade.



Para conferir o livro de maneira gratuita, no formato digital, basta acessar este link.

2 visualizações0 comentário